Arquivo da Categoria: fotografia

Natureza dá seu recado no final de ano

20140101-104944.jpg

Os dias que antecederam 31 de dezembro mostraram céus magníficos no Rio. A combinação com nuvens de chuva gerou bonitos arco-íris. No dia 31, formou-se um paredão de nuvens lá paras bandas da Zona Norte, que ameaçava estragar a festa dos fogos em Copacabana. Curiosamente, as televisões ignoraram a possibilidade de um temporal. Ou têm acesso a informações mais precisas sobre o clima, ou não quiseram alertar o público para não diminuir a participação da população na festa. E se o temporal se confirmasse com 2 milhões de turistas nas ruas esperando os fogos? Certamente seria uma tragédia impossível de prever. Uma fatalidade, como nossos governantes gostam de classificar. As nuvens eram de chuva mesmo. Na Pavuna, zona de pecadores ou que pagam pouco IPTU, choveu forte e teve até granito.

Pra mim, temente às superstições em geral, foi uma mensagem dos céus. A Natureza informa gentilmente que o povo brasileiro pode ser otário, mas ela não está nem aí, se tiver que chover, ventar, alagar o país onde as verbas de obras desaparecem, o céu vai cair na cabeça do populacho.

Todos alertados, feliz 2014.

GoPro e Canon combinadas

Tava navegando num site a partir do app Digg, quando me deparei com matéria sobre vídeos e fotos de Michel de Souza cobrindo as manifestações no Rio nesse final de junho e início de julho de 2013. Ele usa uma Canon 5D Mark II com lente 16-35mm (com uma GoPro HERO3 acoplada), e uma Canon 7D com lente 70-200mm, também com uma GoPro HERO2 acoplada). O efeito ficou muito bom. O vídeo registra as imagens que geraram as fotos. O vídeo no YouTube merece a visita.

Acho que descobri. Vai ter uma loja da Nike em Ipanema.

20121007-191342.jpg Psiu! Olha! Não conta pra ninguém não. O símbolo embrulhado da foto é da Nike. Viu como sou esperto?

A loja vai ser na esquina de Garcia com Pirajá. A banca de jornais atravanca a calçada e esconde a entrada da loja, mas isso é comum na cidade. As bancas trazem cultura para a população, não é problema ocuparem o espaço de trânsito dos pedestres.

A moça até parecia bem cuidada…

Minha mulher me mostrou a foto da revista de O Globo que trazia matéria de capa sobre mulheres que aparentam menos idade. Ela parecia bem tratada. Estava bem vestida, pele lisa, rugas discretas, batendo um bolão.

20120930-103735.jpg

E veio a pergunta: quantos anos ela tem?

Avaliei, dei o desconto pra cima, para justificar ela aparecer como milagre dos cuidados femininos atuais, e sacramentei: quarenta anos! Minha mulher abriu o sorriso que só as mulheres conseguem quando provam o embaragamento de outra. Com expressão piedosa, informou: Ela só tem 32 anos.

Pô! Mas ela tem razão. A moça não aparenta nada de mais, no caso, de menos. Acho que foi sacanagem de alguma desafeta. Deixou a balzaca numa ruim. Fica a lição para a patricinha. Não vale a pena conseguir sair no jornal, mas ficar mal na foto. Ou será que vale a máxima: “falem mal, mas falem de mim”. Falamos.