Problemas com o editor do WordPress

este artigo é antigo, tem mais valor histórico do que técnico

Há uma semana, quando instalamos WordPress (WP) em Polemikos – ou foi o contrário, instalamos Polemikos no WP – eu declarava que o produto era “robusto”. Hoje, posso dizer que há controvérsias. Não está com esta bola toda. Com o uso um pouco mais avançado de HTML no código dos posts, notamos que o buraco é mais embaixo. Tudo começou pois desejávamos incluir tabelas com os anúncios do AdSense. O código que eu escrevi possuía um delimitador <div>. Minha tabela teimava em não funcionar. Como não sou muito ágil em informática, demorei em perceber que o problema era que o editor do WP simplesmente transforma <div> em <p>. E aí começou a aventura.

O problema com as tags <div> é fácil de ser tratado. A documentação do WP (em How_Wordpress_Processes_Entry_Text) informa como alterar uma linha do arquivo tiny_mce_config.php de modo que os <div> não sejam alterados pelo editor. Não foi trivial de achar o caminho, mas ficou resolvido.

Também utilizei um <p> dentro do division que não foi bem-vindo pelo editor do WP. Ele sumia quando eu salvava o post. Fiquei procurando uma maneira de alterar esta “funcionalidade” invasiva do editor. A própria documentação do WP pede socorro (Please contribute successful methods!) antes de oferecer soluções parciais para o problema das idiossincrasias do editor. Uma delas é inibir a função epautop(), que substitui duas quebras de linha seguidas por comando de parágrafo do HTML (<p>…</p>). Copiei um plugin para isso. Ele, de quebra, desativou o editor. Acabei por deixá-lo desativado.

A solução prática veio do site More than Scratch the Surface, no artigo WordPress – Taming The Advanced Editor. O autor Stephen Cronin traz a solução simples e razoavelmente prática: “desligar o editor do WP!”. Há um botão no item Users/Meu perfil da página de administração do seu blog (canto superior esquerdo) onde você pode desativar o editor. A sugestão de Stephen é inteligente. Se você usa pouco código HTML em seus posts, deixe o editor ligado. Quando quiser entrar com código, edite seu código fora do WP, em outro editor, por exemplo, o bloco de notas. Transfira para o código do WP e salve. O macete é que na primeira vez que se salva, o editor não altera seu código. Assim você pode salvar seu código com os comandos HTML que deseja e que são estranhos ao editor sem que eles se alterem. O cuidado deve ser tomado nas vezes subseqüentes em que você reabrir o post para edição. Ah, nessas ocasiões, quando você salvar o post, o editor vai alterar seu HTML. Se você precisar alterar o post com HTML, repita o procedimento de usar um editor externo. E a vida continua.

(Alan Baites)

4 thoughts on “Problemas com o editor do WordPress”

  1. Olá estou ficando qse louca, estou a dias tentando colocar o google adsense no meu blog do wordpress, segui algumas dicas suas de colocar os anuncios no Widgets mas ficou tudo meio desconfigurado. E pior não consigo colocar nos posts e mensagens não sei mais o que fazer, não entendo qse nada de HTML .. vc pode me passar seu email e me ajudar POR FAVOR grata desde ja Katia

    Respondendo: Prezada Katia, a solução que adotei para colocar Adsense foi bem simples. Primeiro, lembro que o Adsense só funcionou para site que hospedei em provedor privado. Se utilizar os blogs do WordPress, os anúncios não funcionam. PAra instalar utilize um widget para incluir código. Copie o código fornecido pelo Adsense. Espero ter ajudado. Alan Baites.

  2. bom tentei tudo que voce me disse eu tenho um site e uso a plataforma wordpress so que nao consigo colocar os anuncios google nele, lembrando que nao uso o dominio do wordpress… eu coloco o codigo do google adsense mas nao funciona ele fica em branco como se nao existisse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.