Alguém pode ajudar a presidente Dilma?

Ajudem esta senhora. Informem a ela que o processo de impeachment não se deve a ela ter contas no exterior. Esse problema é do ex-aliado Eduardo Cunha. O crime que ela cometeu foi gastar o dinheiro que o governo não tinha para enganar a população, como se as contas e a economia estivessem as mil maravilhas. Por que ela teima em falar do problema de Cunha? Uma hipótese é que continue praticando a enganação do povo. Os menos atentos podem confundir que as acusações são sobre sua honestidade, sobre ela ter roubado pra si. Não são. Se ela roubou, eu não sei. Quase toda a cúpula do Partido dos Trabalhadores já foi acusada, julgada e estão cumprindo pena por ações que genericamente configuram “roubar”. A polícia está chegando na família do ex-presidente Lula. Por enquanto, sobre ela não apareceu nada. Só está comprovado que é uma gerente incompetente. Sua grosseria no trato pessoal não se repetiu no cuidado forte com a coisa pública. Deixou roubarem na Petrobras como uma mocinha ingênua. Foi incompetência ou conivência. Escolham. 

Enfim. Fatos do momento. Até agora Dilma não foi identificada como beneficiária de dinheiro de propina enviado para o exterior. Parece que o dinheiro que o PT roubou não ficou em seu nome. Mas informem a confusa (que talvez prefira confundir a todos) presidente que ela está sendo acusada de fazer despesas excessivas para garantir sua reeleição. Isso é crime. E os indícios são fortes de que a atribulada senhora, no afã de ganhar eleição, gastou o que os brasileiros não tinham. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.