Arquivo da Categoria: política

Minha teoria da conspiração: Joesley, Lula e Temer 

Joesley Batista entregou 1800 membros da classe política corrupta do país. Seu ataque principal foi contra Temer. Esse não durará muito na presidência. Joesley também denunciou Lula. Disse que repassou 150 milhões de dólares para o super-operário e sua pupila Dilma. Mas não existe gravação, nem deputado correndo com mala de dinheiro do Lula. O resultado imediato da delação é derrubar o marido da Marcela, o otário que recebeu Joesley na calada da noite, no Jaburu. A destruição de Temer acontece através de uma delação super-premiada, que garante a Joesley ficar livre, leve e solto.  

Joesley afirmava que não via Lula desde 2007. Eduardo Cunha declarou da prisão que ele, Lula e Josley passaram uma tarde em 2015 discutindo o impeachment da Dilma. Eram todos próximos. 

Minha paranoia diz que é bem alta a chance de Joesley ter atuado pra se safar e retribuir a Lula pelos bilhões que os governos petistas lhe proporcionaram. O plano é o seguinte: Ele implode Temer. Sai ileso e vai curtir seus bilhões nos States. Com a queda de Temer, apesar de todas as denúncias, se o juiz Moro não enjaular Lula, quem vocês acham que os sábios eleitores brasileiros elegem numa próxima eleição direta. Ganha uma camisa do PT quem adivinhar…

Presunção de Inocência no Brasil

Acho que entendi. No Brasil é assim. Você começa roubando e deve juntar dinheiro para dar propina e continuar solto roubando. E você vai subindo na cadeia alimentar da canalhada. Quando você é bom mesmo na roubalheira, você entra para a política e passa a roubar os votos dos incautos brasileiros. Se você exagerar, a fama pode levá-lo a ser julgado num Supremo Tribunal. Nesta mais alta corte, um bando de palhaços togados que você mesmo indicou vão retribuir a gentileza e praticar contorcionismos chineses no picadeiro do tribunal para justificar que você não deve ser impichado pois foi eleito pelo povo, que, aliás, foi manipulado pelo dinheiro da propina que você eficientemente distribuiu. Daí, de presumidamente inocente, você passará a inocentado, podendo continuar sua profícua carreira criminosa. Os ladrões são todos inocentes. 

Momento Sórdido do Brasil 

São tempos tristes. O brasileiro minimamente informado percebe que sujeira transbordou. Os políticos (mais do que nunca, podemos generalizar) estão se esgueirando pelas sarjetas buscando se entocar sob a sombra do foro privilegiado. O presidente Temer lidera campanha de casuísmos para dar sobrevida aos zumbis em que se transformaram antigos próceres da república. Como o cinema ensina seguidamente, o final comum de todo zumbi é ter sua cabeça explodida ou tirada do pescoço. Parece que estamos no “the end” de nosso filmeco tupiniquim. Sabemos o final. Só não sabemos o que acontecerá quando acenderem as luzes do cinema. 

A nobreza de Michel Temer não vai além do uso abusivo da mesóclise

O presidente foi pego solicitando a manutenção de mesada de propina para calar a boca de Eduardo Cunha. Algo equivalente ao batom na cueca dos flagrantes de adultério. Ele deveria renunciar e liberar o país, já tão abalado, pra seguir seu caminho. Que nada. Vai prolongar ao máximo o status de presidente para garantir o foro privilegiado. E dane-se o Brasil. Está é a nobreza de Michel Temer. 

Eu quero Uber! #DireitodeIreVir

…e Cabify, 99 etc. Quero poder escolher como me transportar. Quero o fim da reserva de mercado para os táxis. A viagem de Uber (no modelo UberX) custa a metade do preço cheio de uma corrida de táxi. Quero pagar o menor preço. Não quero dar esta contribuição para os taxistas. O negócio “trasporte” ficou ruim para se trabalhar. O transporte privado com motorista ficou mais barato. A remuneração de quem trabalha nesta área caiu. E assim segue a economia.

Fora com os deputados que estão querendo aprovar lei impedindo os modelos de transporte privado. Fora com Rodrigo Maia que está encaminhando esta pauta hoje na Câmara Federal.