Arquivo da Categoria: comportamento

Crise econômica reduz a traição entre casais italianos

A temporada das férias de agosto é pródiga para as escapadelas dos casados em Roma. As esposas vão para as praias com as crianças. Os maridos ficam na capital livres e soltos. Podem fazer seus programas alternativos com suas amantes sem restrições de horários e riscos de desagradáveis esbarrões em suas esposas. Entretanto, a crise econômica atual diminuiu as condições para a manutenção desse equilíbrio familiar italiano. Mulheres estão tendo que trabalhar mais e, portanto, não podem sair de férias. Com menos opções de empregos, a renda cai e reduz o dinheiro extra para gastar com a segunda família. Tempos difíceis.

Trair seu parceiro ou parceira é uma instituição italiana, como a macarronada e a pizza. Um estudo realizado sobre os dados dos divórcios mostrou que 55% dos homens italianos traem suas esposas. As mulheres devolvem a cortesia. Entre elas, 42% já traíram ou traem seus esposos. A faixa típica de idade dos adúlteros está entre 40 e 50 anos. Os colegas de trabalho são os casos mais comuns de relacionamentos extraconjugais, atingindo a marca de 60% das circunstâncias geradoras de traições. Novos tipos de relações (novos?) também compõem a vocação dos italianos para pular a cerca. De acordo com o estudo, 7% dos homens traem em relações homossexuais, comparado com semelhantes 5% de mulheres que traem seus maridos em relações lésbicas.