Arquivo de etiquetas: religião

Criacionismo x Evolucionismo

Esta questão de acreditar ou não em Deus apresenta bons exercícios de argumentação. O artigo do site Opposing Views traz o papo de Ken Ham, fundador do Museu da Criação, em Kentucky, USA. Ele diz que a lógica não é o caminho para derrubar o conceito da evolução porque não há evidências cientificas que provem que a evolução é uma mentira. Entendi. Se a lógica não leva para o que ele acredita, não serve como instrumento de raciocínio. Ele recomenda usar uma prova sólida de que a evolução é mentira: a Bíblia! Ham diz mais ou menos: “Veja bem, nós não podemos depender apenas de nossa habilidade de raciocinar para convencer os céticos. Nós apresentamos a evidência e fazemos o melhor que podemos para convencer as pessoas da verdade de Deus através do direcionamento deles para a Bíblia.”

Ham disse que como Deus se revelou “através da natureza” não há necessidade de evidência científica de que a Criação é real.

Acho que esta argumentação resolve todas as dúvidas sobre o assunto. E mais, Ham acredita que os dinossauros existiram e conviveram com os outros animais na Arca de Noé. Esse cara é bom!

Vão em paz.

(de artigo de www.opposingviews.com, cavado em Digg.com)

da série "estou ficando com medo": agora querem que acreditemos em papai do céu

Ai, meu deus. Tá ficando um inferno. O presidente da Comissão dos Direitos Humanos, o pedidor de senha de cartão de crédito, Marco Feliciano, quer, segundo notícia de O Globo:

Instituir na rede pública de ensino fundamental o programa Papai do Céu na Escola, que é a adoção do ensino religioso, incluindo todas a religiões. “Precisamos resgatar o encino religioso em nosso país de maneira sábia, simples e coerente. Queremos ver os filhos dessa Nação olhando para a imensidão do cosmos e dizendo: – ‘Há um papai do céu que cuida de nós’.”

Não tem dúvida, o cara tá de sacanagem. Ou é coisa do demônio. Que deus nos ajude.

Igreja é bom negócio

20130120-175849.jpgImpressiona o dinheiro que circula no negócio das igrejas. A fortuna do Bispo Macedo, conforme O Globo apontou citando reportagem da revista Forbes, beira um bilhão de dólares. O serviço que elas prestam é importante. Direcionar o povo para busca de solução nos deuses é boa maneira de manter a massa anestesiada. Quanto menos percepção da realidade melhor. Se os crentes não se sentem escorchados com a grana que lhes tiram, está tudo na mais perfeita ordem. Os gerentes e empresários da fé devem ser bem remunerados. Quem tem inveja desses empreendedores de sucesso deve chorar no chuveiro ou abrir sua própria igreja. Se tiver pouca criatividade, procure uma franquia de igreja, já deve ter este produto disponível no mercado. O título da matéria de O Globo resumia tudo: “Templo é dinheiro.”

Razão Filosófica e Religião

Da série recorte de jornal, tirado de entrevista do filósofo Michel Onfray, em O Globo:

Como o senhor avalia o embate entre a razão filosófica e a religião no mundo contemporâneo?

A razão é sempre minoritária, e a religião sempre majoritária, pois a inteligência é mais rara que a obediência. As pessoas preferem uma ficção que lhes dê segurança, uma lenda que lhes apazigue, histórias para crianças que lhes permitam dormir tranquilos, em vez de verdades que inquietam, certezas que angustiam. É por isso que religião jamais desaparecerá do planeta, e porque os filósofos dignos desse nome serão sempre minoritários.

Irretocável.

respeito a religiões

O mundo tá pegando fogo com a revolta dos muçulmanos depois da divulgação de um filme tratando a religião muçulmana com desdém. Cometeram também o clássico e maior desrespeito com a imagem do profeta Maomé. A gente aqui em Polemikos não é muito chegado a essas coisas de religião. Respeitamos aqueles que adotam superstições, mas pedimos que respeitem também nossa descrença total por deuses em geral. Esse agito todo com o filmeco sobre Maomé parece está sendo usado para orquestrar movimentos de repúdio aos EUA. A população acaba por ser manipulada para produzir ações de rua contra os americanos. O país de Obama fica numa saia justa danada, justamente na época das eleições. Aproveito (quer dizer, plagio) a famosa frase citada hoje em coluna de O Globo, por Helena Celestino: “Os homens nunca fazem o mal tão completa e entusiasticamente como quando o fazem por convicção religiosa.” É isso aí: Quanto mais eu vejo o resultado do uso das religiões para perpetrar todo tipo de barbárie, mas me solidarizo com a profunda fé e percepção de deus que move meu cachorro.